Apontamentos sobre os Kaingáng (1911), Ofayé (1913), Múra (1926) e Mawé (1923)

#MuseuNacionalVive: Como contribuir diretamente para a reconstituição do acervo do CELIN/MN


O manuscrito Unveröffentlichte Angaben über die Kaingang, Opayé, Múra, Maué (Nimuendajú 1926) reúne apontamentos datilografados em português e alemão com informações coletadas em diferentes épocas junto aos Kaingáng (p. 1-10, 1911), Ofayé (p. 11-15, 1913), Múra (p. 16-19, 1926) e Mawé (p. 20, 1923). Seu conteúdo — no que diz respeito especificamente aos Kaingáng e Ofayé — coincide, em parte, com o do material publicado no livro Etnografia e indigenismo: sobre os Kaingang, os Ofaié-Xavante e os índios do Pará (Editora da Unicamp, 1993), recentemente adicionado a nossa Coleção Nicolai. Alguns trechos, no entanto, continuam aparentemente inéditos, incluindo um pequeno croqui cartográfico, uma ilustração de pintura facial Ofayé e notações musicais.

O item é valioso não somente por conter informações inéditas, mas por capturar a obra do minucioso cientista ainda em construção, com seus andaimes expostos: as anotações têm caráter eclético, misturando conteúdo em alemão e português e incluindo desenhos nem sempre mencionados no texto. Trata-se, enfim, de um fascinante rascunho, registrando dados de campo e textos em gestação. O fato de que parte do material coincide com os textos publicados em Etnografia e indigenismo, que reúne correspondência enviada ao indigenista Luiz Bueno Horta Barbosa, ilustra uma outra faceta de Nimuendajú: a do missivista prolífico, que compartilhava suas experiências, impressões e achados diretamente do campo, ou recém-chegado aos centros urbanos. Tais intersecções demonstram, uma vez mais, o potencial valor da correspondência de Nimuendajú para o preenchimento de lacunas deixadas pela destruição de seu acervo.

Ofaye1.png

O manuscrito pertencia originalmente ao espólio de Curt Nimuendajú no Museu Nacional/UFRJ, catalogado sob o número 712-G2-0007-1 (Soares 2013:430). Sua versão digitalizada foi compartilhada com a Biblioteca Digital Curt Nimuendajú em julho de 2019 pela pesquisadora Roberta de Queiroz Hesse, da USP (que a obteve, por sua vez, da equipe do CELIN em 2016).

Ofaye2.png

(05 Aug 2019 00:23)

This site is part of the Etnolinguistica.Org network.
Except where otherwise noted, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.