Kimdá †
Nome preferencial: Kimdá
Explicação: autodenominação
Auto-denominação: Kimdá
Nomes e grafias alternativos: Guayaná paraguaio
Filiação genética: família Jê, tronco Macro-Jê
População:
Falantes: extinta
Situação sociolingüística: Não existem mais como grupo étnico, tendo sido completamente integrados à população paraguaia local.
Localização: Ao longo das vertentes do Alto Paraná, entre a antiga redução jesuítica Corpus (Provincia de Misiones, Argentina) e o rio Monday (Departamento Alto Paraná, Paraguai). A região delimitava-se ao norte provavelmente com o território Ingain, a noroeste com o território Axé, a oeste, sul e sudeste com os territórios Mbyá e a leste com os Kaingang.
Fonte(s) de informação: JOLKESKY, M. P. V. (2010)
Código ISO 639-3:
Pesquisadores em nosso cadastro que estudam esta língua:

(Esta página foi editada pela última vez em 1287016010|%e %b %Y, %H:%M %Z|agohover.)

This site is part of the Etnolinguistica.Org network.
Except where otherwise noted, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.