Jarawara
Nome preferencial: Jarawara
Explicação: Este é o nome usado em todos os trabalhos de R.M.W. Dixon.
Auto-denominação: O termo Jarawara não é da língua deles. Eles não têm uma denominação étnica. Normalmente dizem e ka one mati 'nosso povo' para se referir a eles mesmos. Podem também usar o termo Jarawara (que eles geralmente pronunciam Sarawara ou Sarowara).
Nomes e grafias alternativos: Jaruára (Vogel 1989)
Filiação genética: Arawá
População: aprox. 200
Falantes: 200
Situação sociolingüística: A língua jarawara é usada exclusivamente nas aldeias entre os jarawaras. Mesmo na cidade e nos seringais eles usam a língua para se comunicar. A maioria sabe escrever na língua. Todos ou quase todos também falam português, não tão bem quanto o jarawara, e alguns escrevem.
Localização: Área Indígena Jarawara/Jamamadi/Kanamati, Município de Lábrea, Estado do Amazonas (Brasil)
Fonte(s) de informação: Alan Vogel (out/2009)
Código ISO 639-3: jap
Pesquisadores em nosso cadastro que estudam esta língua:

(Esta página foi editada pela última vez em 1271601193|%e %b %Y, %H:%M %Z|agohover.)

This site is part of the Etnolinguistica.Org network.
Except where otherwise noted, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.