Ingaín †
Nome preferencial: Ingaín
Explicação:
Auto-denominação:
Nomes e grafias alternativos: Ingain, Tain, Taven, Ivytorocái
Filiação genética: família Jê, tronco Macro-Jê
População:
Falantes: extinta
Situação sociolingüística: Não existem mais como grupo étnico. A população foi aculturada e está integrada às populações ribeirinhas, aos Nhandéva e aos Kaingáng
Localização: Departamento de Canindeyú (Paraguay) e Estados do Paraná e Mato Grosso do Sul (Brasil), em ambas vertentes do Alto Paraná, desde o arroio Ivytorocái até o rio Iguatemi (extremo sul do Estado do Mato Grosso do Sul).
Fonte(s) de informação: JOLKESKY, M. P. V. (2010)
Código ISO 639-3:
Pesquisadores em nosso cadastro que estudam esta língua:

(Esta página foi editada pela última vez em 1287014159|%e %b %Y, %H:%M %Z|agohover.)

This site is part of the Etnolinguistica.Org network.
Except where otherwise noted, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.