#MuseuNacionalVive: Como contribuir diretamente para a reconstituição do acervo do CELIN/MN

Bibliografia Crítica da Etnologia Brasileira

Conheça o projeto de digitalização e transcrição desta monumental obra de Herbert Baldus e Thekla Hartmann.

Cadastro de pesquisadores

Conheça o trabalho dos pesquisadores que se dedicam aos estudos das línguas e culturas indígenas sul-americanas.

Redes sociais

Leia o nosso blog e acompanhe-nos no Twitter, Facebook, Flickr e Tumblr.

Acréscimos recentes

(mais)

Cadernos de Etnolingüística

Cadernos de Etnolingüística (ISSN 1946-7095) é um periódico eletrônico destinado a divulgar contribuições originais sobre línguas indígenas sul-americanas.

Contribuições recentes:

El mapoyo y la rama venezolana de lenguas caribes
(Tania Granadillo, 30 Jul 2019 00:55)

Guia etnobotânico de plantas em comunidades Desano (Tukano-oriental) no rio Tiquié – Brasil (vol. 7, n. 1, p. 1-42)
(Wilson de Lima Silva, Gelison Paulo Costa Aguiar, Higino Aguiar, Luís Gomes Lana, Ercolino Jorge Araújo Alves & Benjamin Merritt, 30 Jul 2019 00:25)

Guató: A língua (Schmidt 2018)
(Max Schmidt; Gustavo Godoy e Kristina Balykova (prefácio); Kristina Balykova (tradução), 30 May 2018 22:46)

(+mais)

Em destaque

Coleção Nicolai

Pesquisador independente, Renato Nicolai é um pioneiro no uso da internet para a divulgação de informações sobre os povos indígenas do Brasil. Ao longo de décadas, vem compilando uma impressionante coleção bibliográfica sobre o assunto — generosamente compartilhada em seu site e, ultimamente, na Biblioteca Digital Curt Nimuendajú. Renato foi também o principal responsável pelo sucesso do nosso projeto de digitalização e transcrição da Bibliografia Crítica da Etnologia Brasileira (Baldus 1954, 1968; Hartmann 1984).

Imagem do mês

{"module":"wiki\/image\/FlickrGalleryModule","params":{"userName":"Biblioteca Digital Curt Nimuendaj\u00fa","tags":"destaque"}}

Aspas

"Assim como a viagem ao Xingú em 1887 representa o início das expedições puramente etnográficas na América do Sul, foi Karl von den Steinen o primeiro a considerar os índios brasileiros sem qualquer preconceito e orientado sòmente pela vontade de ver o humano em todos os homens, de vê-lo com idéias largas e férteis, idéias de espírito agudo e idéias de grande coração."

(Herbert Baldus, A obra de Karl von den Steinen, 1940)

This site is part of the Etnolinguistica.Org network.
Except where otherwise noted, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.