Bibliografia Crítica da Etnologia Brasileira

Conheça o projeto de digitalização e transcrição desta monumental obra de Herbert Baldus.

Cadastro de pesquisadores

Conheça o trabalho dos pesquisadores que se dedicam aos estudos das línguas e culturas indígenas sul-americanas.

Redes sociais

Leia o nosso blog e acompanhe-nos no Twitter, Facebook, Flickr e Tumblr.

Acréscimos recentes

(mais)

Cadernos de Etnolingüística

Cadernos de Etnolingüística (ISSN 1946-7095) é um periódico eletrônico destinado a divulgar contribuições originais sobre línguas indígenas sul-americanas.

Contribuições recentes:

(+mais)

Em destaque

Deutsche Digitale Bibliothek

A Deutsche Digitale Bibliothek ('Biblioteca Digital Alemã') é o portal de cultura e ciência da Alemanha, encarregado de conectar as coleções digitalizadas de instituições científicas e culturais do País. De particular relevância para a nossa área são fotografias de campo e de material coletado por etnógrafos como Karl von den Steinen (Boróro, povos do Xingu), Paul Ehrenreich (Karajá, Bakairí, Boróro, Botocudo (Borum), Apurinã etc.), Max Schmidt e Curt Nimuendajú (Canela).

Imagem do mês

{"module":"wiki\/image\/FlickrGalleryModule","params":{"userName":"Biblioteca Digital Curt Nimuendaj\u00fa","tags":"destaque"}}

Aspas

"Digno de nota é o fato de quase tôdas as famílias lingüísticas do tronco Tupí até agora reconhecidas se concentrarem na região do Guaporé, isto é, do alto Madeira, particularmente entre os rios Guaporé e Jiparaná (ou Machado). […] Êste fato sugere que talvez o centro de difusão do Proto-Tupí deva ser procurado na área do Guaporé."

(Aryon Dall'Igna Rodrigues, Classificação do tronco lingüístico Tupí, 1964)

This site is part of the Etnolinguistica.Org network.
Except where otherwise noted, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.