Resgatando inéditos do Museu Nacional: novidades

#MuseuNacionalVive: Como contribuir diretamente para a reconstituição do acervo do CELIN/MN


Curt Nimuendajú papers (1914-1952) at the Bancroft Library (UC Berkeley)

flickr:23291670633

Em mensagem enviada recentemente à lista Etnolingüística, o linguista Lev Michael, da Universidade da Califórnia em Berkeley, compartilha uma excelente dica: a existência de manuscritos de Curt Nimuendajú sobre os "índios Apinagé, Canella, Cayapo, Masakarí, Ramkokamekrá, Sherente, Tapajó e Tucuna" em uma biblioteca da instituição, a Bancroft Library. A coleção parece ter pertencido ao antropólogo Robert H. Lowie, grande incentivador, colaborador e divulgador do trabalho de Curt Nimuendajú nos EUA, responsável pela tradução e publicação em inglês de várias obras deste, incluindo as monografias The Apinayé (1939), The Šerente (1942) e The Eastern Timbira (1946). (leia mais)

(20 Oct 2019 21:50)


Contribuindo diretamente com o Centro de Documentação de Línguas Indígenas do Museu Nacional/UFRJ

Temos a satisfação de divulgar, por sugestão da linguista Marília Facó Soares, o lançamento de uma iniciativa institucional visando ao fortalecimento do Centro de Documentação de Línguas Indígenas (CELIN) do Museu Nacional/UFRJ. Divulgada inicialmente em 3 de julho de 2019, a iniciativa inclui as seguintes estratégias: "(i) reconstituição de acervo sob forma digital; (ii) doação de livros, periódicos, materiais linguísticos textuais, materiais em suporte físico; (iii) ajuda financeira." Segue na íntegra o texto. (leia mais)

(05 Aug 2019 02:14)


Apontamentos sobre os Kaingáng (1911), Ofayé (1913), Múra (1926) e Mawé (1923)

O manuscrito Unveröffentlichte Angaben über die Kaingang, Opayé, Múra, Maué (Nimuendajú 1926) reúne apontamentos datilografados em português e alemão com informações coletadas em diferentes épocas junto aos Kaingáng (p. 1-10, 1911), Ofayé (p. 11-15, 1913), Múra (p. 16-19, 1926) e Mawé (p. 20, 1923). Seu conteúdo — no que diz respeito especificamente aos Kaingáng e Ofayé — coincide, em parte, com o do material publicado no livro Etnografia e indigenismo: sobre os Kaingang, os Ofaié-Xavante e os índios do Pará (Editora da Unicamp, 1993), recentemente adicionado a nossa Coleção Nicolai. Alguns trechos, no entanto, continuam aparentemente inéditos, incluindo um pequeno croqui cartográfico, uma ilustração de pintura facial Ofayé e notações musicais. (leia mais)

(05 Aug 2019 00:23)


Material Pataxó de Curt Nimuendajú (1938) no CEDAE/IEL (Unicamp)

Em uma nota anterior, discutíamos a possibilidade de que houvesse no Centro de Documentação Alexandre Eulalio do IEL/Unicamp duplicatas de itens perdidos com a destruição do CELIN/MN. De fato, este vem a ser o caso no que diz respeito à produção não publicada do Summer Institute of Linguistics, abundante no acervo do CEDAE. De Curt Nimuendajú, no entanto, o único item constante no catálogo do CEDAE é um vocabulário Pataxó, manuscrito, com a indicação de que teria sido coletado em Paraguaçu, BA, em 1938. Disponível agora em nosso acervo (cortesia da equipe do CEDAE), o vocabulário é parte do material coletado durante a expedição de Nimuendajú pelo sul da Bahia, Espírito Santo e norte de Minas Gerais entre novembro de 1938 e abril de 1939 (cf. Carvalho 1995; Edelweiss 1971; Welper 2018). (leia mais)

(22 Jul 2019 01:36)


Lista comparativa Jabutí/Arikapú de Nimuendajú (1935) no acervo de Snethlage

O acervo de Curt Nimuendajú perdido no incêndio do Museu Nacional incluía itens resultantes de sua prolífica correspondência com cientistas no Brasil e no exterior. Como sugerido antes, isto ajudaria a reconstituir parte do material, através da consulta aos acervos dos interlocutores de Curt Nimuendajú. A jornalista e pesquisadora Gleice Mere, que se dedica ao estudo e divulgação do acervo do antropólogo alemão Emil Heinrich Snethlage (1897-1939), acaba de ajudar-nos a preencher uma destas lacunas, enviando-nos uma lista comparativa Jabutí/Arikapú encontrada entre os papéis de Snethlage: um manuscrito datilografado, assinado por Curt Nimuendajú e datado "Pará, 15. Januar 1935". Trata-se, possivelmente, do original de item listado no espólio de Nimuendajú no Museu Nacional (Soares 2013:503, 508). (leia mais)

(30 Jun 2019 13:10)


Material "Machacarí" de Curt Nimuendajú no CEDAE/IEL (Unicamp)

Durante suas viagens pelo sul da Bahia, Espírito Santo e norte de Minas (1938-1939), Curt Nimuendajú visitou os Maxakali. As informações históricas e etnográficas resultantes desta visita, contidas em relatório ao SPI, foram publicadas na Revista de Antropologia (1958) por Egon Schaden, que se valeu de cópia fornecida por Darcy Ribeiro, então "etnólogo do Serviço de Proteção aos Índios". O material linguístico, por outro lado, que viria a ser parte do espólio de Nimuendajú sob a guarda do CELIN/Museu Nacional, só foi publicado em 1996 pelo linguista Gabriel Antunes de Araújo (então na Unicamp, hoje na USP), com base em cópia fornecida pelo Museu Nacional, através de Marília Facó Soares. Em comunicação por email (jun/2019), Araújo esclarece que a cópia teria sido consultada no CEDAE, o Centro de Documentação Alexandre Eulalio do IEL/Unicamp, o que reforça a possibilidade (e a esperança) de que haja, no mesmo CEDAE, cópias de outros itens perdidos com a destruição do CELIN/MN. (leia mais)

(29 Jun 2019 14:02)


Urubú phonemics (Kakumasu 1964); Urubú phonology (Kakumasu 1968)

Entre os materiais produzidos pelo SIL (Summer Institute of Linguistics) e arquivados no CELIN/MN, incluem-se, além de obras publicadas (e, portanto, mais amplamente disponíveis), relatórios de pesquisa e artigos inéditos, de circulação limitada. É o caso de trabalhos como Urubú phonemics (Kakumasu 1964) e Urubú phonology (Kakumasu 1968), compartilhados por Gustavo Godoy em julho de 2018 (portanto, bem antes do incêndio). (leia mais)

(29 Jun 2019 07:30)


Vocabulários Botocudo (Borum, Krenák) de Curt Nimuendajú (1939)

Atendendo ao nosso apelo, o linguista Mário André Coelho da Silva (UFMG) compartilhou com a Biblioteca Digital Curt Nimuendajú cópias de vários vocabulários inéditos de dialetos Botocudo (Borum, Krenák) coletados por Curt Nimuendajú, incluindo um manuscrito datilografado do dialeto Aranã, assinado pelo autor, datado "Itambacury, 14. März 1939". (leia mais)

(29 Jun 2019 06:40)



Divulgue esta iniciativa no Twitter e no Facebook.

(Página criada em 29 Jun 2019 05:29. Última modificação em 30 Jun 2019 15:50)

This site is part of the Etnolinguistica.Org network.
Except where otherwise noted, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.