4490

<

>



URBAN, Greg
  • The semiotics of tabooed food: Shokleng (Gê). Working papers on South American Indians, number 3, Bennington 1981: Food taboos in Lowland South America, edited by Kenneth M. Kensinger and Waud H. Kracke, pp. 77-90, notas. Bibliografia. - Versão ampliada é The semiotics of tabooed food: the Shokleng case. Social Science Information, vol. 20, n. 3, London 1981, pp. 475-507, 13 figuras. Bibliografia.

Mais uma contribuição às discussões desencadeadas pelo artigo de Ross (BCEB 4256) acerca das pressões de fatores ecológicos sobre sistemas de tabus alimentares. Baseado em dados Xokleng, Urban redigiu um texto didático sobre a semiótica e as possibilidades que a teoria oferece para os estudos de intrincados códigos de edibilidade. Na versão ampliada, o autor estende a abordagem para o material Sanumá, Kaxinaua e de um grupo aborígene da Austrália Central, mostrando então que "os sistemas de tabus alimentares não apenas apresentam traços comuns a outros sistemas semióticos, mas que são governados por determinados princípios universais que os tornam únicos" (p. 501, tradução minha).

(p. 617)

This site is part of the Etnolinguistica.Org network.
Except where otherwise noted, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.