4155

<

>



RAMOS, Alcida Rita
  • Hierarquia e simbiose. Relações intertribais no Brasil. Prefácio de Roberto Cardoso de Oliveira. São Paulo/Brasília, Hucitec[/INL], 1980, 246 páginas, 5 mapas, 5 figuras. Bibliografia.

"São dois os objetivos que orientaram a organização do presente volume. O primeiro é justamente denunciar e desmistificar a ficção do índio generalizado. Pelo exame de situações concretas, onde estão em confronto dois ou mais grupos tribais diferentes, pretende-se demonstrar a diversidade e a especificidade de sistemas sociais indígenas e os modos como tal diversidade é utilizada no processo de acomodação mútua em cada situação específica de contato intertribal. O segundo objetivo é mostrar como sociedades tribais em conjunção, que apresentam relações de desigualdade social entre si, desenvolveram um tipo de interação tal, que permite a coexistência de dois ou mais grupos, sem que haja a tentativa de eliminação de um grupo, considerado inferior, pelo outro, tido como superior" (pp. 4-5). "A primeira situação de conjunção intertribal envolve os índios Maiongong e Sanumá no norte do Território de Roraima. A segunda descreve o sistema intertribal existente no Alto Rio Negro, entre os chamados Índios do Rio e os índios Maku. A terceira, no Paraná, apresenta o contato entre os Kaingang e Guarani que, por razões alheias à sua vontade, passaram a coexistir na mesma reserva indígena" (p. 6).

(p. 498)

This site is part of the Etnolinguistica.Org network.
Except where otherwise noted, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.