3348

<

>



DOSTAL, Walter (editor)
  • La situación del indígena en América del Sur. Aportes al estudio de la fricción interetnica en los índios no-andinos. Edición bi-lingüe español-portugues. Montevideo, Tierra Nueva, 1972. - The situation of the Indian in South America. Contributions to the study of inter-ethnic conflict in the non-Andean regions of South America. Geneva, World Council of Churches, 1972. 453 páginas, ilustrado. Bibliografia. - Die Situation der Indios in Südamerika. Grundlagen der inter-ethnischen Konflikte der nichtandinen Indianer. Wuppertal, Peter Hammer Verlag, 1975.

Coletânea de trabalhos coordenados por Georg Grünberg e apresentados por ocasião de um simpósio sobre o assunto, realizado em Barbados em janeiro de 1971. O capítulo relativo ao Brasil compreende os seguintes artigos: Pedro Agostinho da Silva, Informação sobre a situação territorial e demográfica no Alto Xingu; Carlos de Araujo Moreira Neto, Alguns dados para a história recente dos índios Kaingang, com a inclusão, em apêndice, de textos da legislação sobre índios (1808, 1809, 1831 e 1970); Silvio Coelho dos Santos, A situação dos indígenas no sul do Brasil; Texto de documento assinado por mais de 80 profissionais brasileiros sobre os índios e a ocupação da Amazônia, datado de 14 de julho de 1971. Na segunda parte do livro, dedicado a levantamentos demográficos e bibliografias regionais, encontra-se a Bibliografia selecionada para o estudo da discriminação dos índios do Brasil, compilada por Pedro Agostinho, Georg Grünberg e Silvio Coelho dos Santos. Particularmente útil é um mapa dos grupos indígenas do Brasil montado a partir de informações de primeira mão e de fontes primárias relativas ao período 1965-1971: além da localização da tribo, os dados incluídos nas páginas seguintes dizem respeito a nome da tribo (com sinonímia), filiação lingüística, área cultural (de acordo com Galvão) e dados demográficos. Outro mapa de interesse é o que registra as unidades administrativas da Missão Católica na América do Sul. Também a Declaração de Barbados foi incluída como parte final do livro.
Cfr. resenha de Ellen B. Basso em American Anthropologist, vol. 75, n. 6, 1973, pp. 1865-1868.

(p. 208-209)

This site is part of the Etnolinguistica.Org network.
Except where otherwise noted, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.