3316

<

>



DIETSCHY, Hans
  • Espace social et "affiliation par sexe" au Brésil Central (Karajá, Tapirapé, Apinayé, Mundurucu). Actes du XLIIe Congrès International des Américanistes, Congrès du Centenaire, Paris 2-9 Septembre 1976, Paris 1977, vol. II, pp. 297-308, 1 figura. Bibliografia.

Dietschy reexamina criticamente as evidências em que Murphy baseou a sua hipótese de uma patrilocalidade histórica dos Munduruku que, ao tempo de sua pesquisa, mostravam-se matrilocais e patrilineares. Faz isso no âmbito de uma discussão sobre certos agrupamentos rituais, de tendência endógama, existentes nas quatro tribos citadas no título, em que a filiação obedece ao critério de sexo, sem entretanto subdividir a sociedade.

(p. 198)

This site is part of the Etnolinguistica.Org network.
Except where otherwise noted, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.