3313

<

>



DIETSCHY, Hans
  • Un cas Karajá de défense mentale contre l'aliénation. Bulletin de la Société Suisse d'Anthropologie et d'Ethnologie, 46e année, Zurich 1969/70, pp. 30-32. Bibliografia. - Reproduzido em Robert Jaulin, De l'ethnocide. Récueil de textes. Paris, Union Générale d'Éditions, 1972, pp. 189-192.

Durante a estação das chuvas de 1954-55, um informante conta a Dietschy das ameaças dos brancos de mandar um grande avião para lançar bombas sobre a aldeia. "Mas nossos xamãs produzirão um grande fogo que destruirá tudo, a aldeia, o avião e os brancos - e nós, nós partiremos todos para um lugar distante onde estaremos a salvo" (p. 31, tradução minha). Esse comentário do índio leva o pesquisador a sugestivas considerações sobre o recurso ao mito - no caso, o mito do fogo - em circunstâncias de tensão intolerável.

(p. 197)

This site is part of the Etnolinguistica.Org network.
Except where otherwise noted, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.