3262

<

>



CROCKER, William H.
  • Canela kinship and the question of matrilineality. In Brazil: anthropological perspectives, edited by Maxine L. Margolis and William E. Carter. New York, Columbia University Press, 1979, pp. 225-249, 1 mapa, notas, sumário em inglês. Bibliografia ao final do volume.

Exame de lupa das características e funcionamento das diversas unidades sociais dos Canelas com o objetivo de verificar a existência, no passado, de um princípio matrilinear mais desenvolvido, do tipo clássico. Baseado ainda nas denominações correntes de certos ritos de festas, o autor ensaia uma interpretação de ordem ecológica para explicar o desaparecimento das matrilinhagens na cena cotidiana e sua conservação em ocasiões-cerimoniais, em especial durante a Festa do Peixe.

(p. 179)

This site is part of the Etnolinguistica.Org network.
Except where otherwise noted, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.