2847

<

>



ALBISETTTI, César e VENTURELLI, Ângelo Jayme
  • Enciclopédia Bororo, volume II: Lendas e antropônimos. Campo Grande, Museu Regional D. Bosco, 1970. 1269 páginas, numerosas figuras.

O segundo volume da monumental obra dos padres salesianos reune 62 textos bororo. A redação de cada texto, nas palavrasdos autores, cingiu-se à seguinte ordem: "breve introdução, expondo um resumo e uma tentativa de interpretação do conto; tradução portuguesa livre, muitas vezes com menos pormenores e r epetições que o original; texto bororo com tradução literal justalinear, nas páginas pares; tradução literal, com leves acréscimos e explicações, para melhor compreensão, nas páginas ímpares; notas explicativas, referentes ao texto bororo" nos rodapés das páginas ímpares. Os textos são reunidos nos seguintes grupos: lenda da inundação geral; lendas do ciclo do chefe Baitogogo; lendas do chefe Akaruio Bokodori; lendas do chefe Jerigi Otojíwu; lenda do herói Toribúgu; lenda do herói Ki Bakororo; lenda dos dois chefes Uwaboréu-dóge; lenda do indio Nonógo Póri; lendas sobre a origem de alguns seres; contos do macaco Juko; contos da onça Adugo; contos das pombas Metugoe; contos diversos (a raia; o menino guloso; a pedra e a taquara; interpretação popular do nome de alguns animais); contos com protagonistas femininos; finalmente, lendas dos espíritos Méri e Ari.
Segue-se uma lista alfabética de nomes próprios bororo, atendo-se os autores às normas ernpregadas para os verbetes do primeiro volume da Enciclopédia.
Trata-se de obra de referência fundamental para estudos sobre mitologia em geral e a dos Bororo em particular.
Cfr. resenha de Thekla Hartmann na Revista de Antropologia, vol. 17-20 (2a. parte), São Paulo 1969-1972, pp. 340-341 e de Erasmo D'Almeida Magalhães na Revista do Instituto de Estudos Brasileiros, vol. 12, São Paulo 1972, pp. 165-167.

(p. 33-34)

This site is part of the Etnolinguistica.Org network.
Except where otherwise noted, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.