2569

<

>



RÖDER, Josef, und TRIMBORN, Hermann
  • Maximilian Prinz zu Wied ― Unveröffentlichte Bilder und Handschriften zur Völkerkunde Brasiliens. Unter Mitarbeit von Josefine Huppertz, Udo Oberem und Karl Viktor Prinz zu Wied herausgegeben von … Bonn 1954. 150 pp. in-8°, 16 figuras em pranchas fora do texto. Bibliografias. À parte: Porte-fólio com 42 reproduções coloridas de aquarelas.

O presente livro inicia-se com uma introdução de autoria de Trimborn (pp. 7-12) cuja versão espanhola saiu sob o título "Acuarelas y dibujos inéditos del Príncipe Maximiliano de Wied, referentes a la etnografía del Brasil" nos Anais do XXXI Congresso Internacional de Americanistas (São Paulo 1954), I, São Paulo 1955, pp. 245-250. Antes de tratar dos inéditos do príncipe, o autor menciona as suas principais publicações e também as traduções de sua Reise nach Brasilien (cf. B. C., ítem 1762). Enumerando as versões inglêsa, francesa e portuguêsa (p. 8) omite, porém, a italiana e holandesa, ambas, aliás, também omitidas na extensa bibliografia das publicações de Wied sôbre sua viagem ao Brasil e das traduções delas (pp. 78-79). A introdução é seguida de notas sôbre a vida e as viagens de Wied (pp. 13-25), de autoria de um membro de sua família, o príncipe Karl Viktor zu Wied. Röder descreve sistemàticamente os manuscritos e desenhos referentes ao Brasil e conservados no arquivo de Wied (pp. 26-31 e 109-115), acrescentando um catálogo das aquarelas reproduzidas junto com o presente livro (pp. 137-150). Comentários etnográficos a estas reproduções são feitos por Udo Oberem (pp. 116-136). Comparando o livro de viagem publicado pelo príncipe Maximiliano com o seu diário inédito (pp. 32-79), Josefine Huppertz revela trechos com interessantes observações até hoje desconhecidas aos cultores de estudos brasileiros. Digna de nota é, por exemplo, a crítica aos retratos de índios publicados por Martius e Rugendas (p. 49). A comparação do vocabulário botocudo contido no diário inédito, com a lista de palavras do mesmo idioma inserto no livro de viagem (pp. 82-108) mostra diferenças consideráveis.
Cf. também os comentários de Baldus em Anhembi, n. 60, São Paulo 1955, pp. 589-591, e na Revista do Museu Paulista, N. S., X, São Paulo 1956-1958, pp. 320-322.

(p. 585-586)

This site is part of the Etnolinguistica.Org network.
Except where otherwise noted, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.