2363

<

>



LUÍS, Washington [1870-1957]
  • Na Capitania de São Vicente. São Paulo 1956. xiii, 339 pp. in-8°, 4 mapas e 10 pp. de fac-símiles fora do texto.

Êste livro sôbre história colonial brasileira contém um capítulo intitulado "Índios" (pp. 93-103) no qual o autor escreve a respeito das tribos da costa sul-americana do Atlântico: "Aí êsses aborígenes viviam em manadas, que os aproximavam dos animais irracionais, e tão selvagens, que pareciam selvagens aos outros selvagens. Em certa parte, em que se constituiu o Brasil, habitavam os índios mais broncos, mais atrasados da América." (p. 94). "Não tinham tradições a que se submetessem, porque não se pode chamar tradições os gritos e saltos, que precediam o devorar do vencido, seu igual, nas caçadas humanas que faziam." (p. 95).
O autor, antigo presidente da República do Brasil, publicou êstes conceitos quando já existiam, há anos, cadeiras de etnologia nas Universidades dêste País, isto é, em 1956.

(p. 441)

This site is part of the Etnolinguistica.Org network.
Except where otherwise noted, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.