1903

<

>



BELLIZZI, Ataliba Macieira
  • Alguns dados sôbre a incidência nosológica nos índios Karajá. Jornal Brasileiro de Medicina, II, n. 6, Rio de Janeiro 1960, pp. 101-114, 1 mapa no texto, resumos em alemão, inglês e francês. Bibliografia.

Trata do estado de saúde dos Karajá de Santa Isabel, Fontoura e Mato Verde examinados pelo autor em novembro e dezembro de 1957, bem como das causas prováveis de 40 óbitos ocorridos entre êles nos anos de 1956 e 1957, aproximadamente. São elas: diarréias (16 óbitos); hemoptise e hipertermia (tuberculose provável) (5); sarampo e suas complicações (4); febre intermitente (2); lesões causadas por agressão ou luta corporal (2); doenças infecciosas do aparelho respiratório (exceto tuberculose) (2); febre com convulsões (meningite?) (1); abcessos cutâneos múltiplos (1); hemorragias pós-abôrto espontâneo com hipertermia (1); subnutrição (abandono pelos pais) (1); indeterminado (5). Tendo feito êste estudo na qualidade de membro duma comissão de pesquisa de câncer, o autor faz questão de declarar: "Devemos assinalar que das causas indeterminadas, em nenhum dos óbitos havia qualquer sinal que fizesse suspeitar de lesão blastomatosa ou afim, mas sim de infecção de caráter sistêmico, estados carenciais e senilidade." (p. 110).
Os dados aqui apresentados foram publicados pelo autor também sob o título "Sôbre as principais causas de morte dos índios Karajá" na Revista Brasileira de Cancerologia, XV, n. 18, em 1958.

(p. 125-126)

This site is part of the Etnolinguistica.Org network.
Except where otherwise noted, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.