1015

<

>



MÉTRAUX, Alfred
  • La civilisation guyano-amazonienne et ses provinces culturelles. Acta Americana, IV, n. 3, México 1946, pp. 130-153.

Neste perspicaz ensaio de classificação, o autor, depois de caracterizar
etnològicamente as bacias do Amazonas e Orinoco, estuda as influências andinas na América tropical e divide a área cultural orinoco-amazônica nas seguintes províncias: Costa brasileira e Paraguai; Pará e Maranhão; Médio Araguaia; Alto Xingu; Baixo Xingu; Tapajós; Médio Tapajós e Madeira; Autaz (Baixo Madeira); Purus-Juruá; Serra do Norte; Pareci; Guaporé; Baixo Guaporé; Chiquitos; Mojos; Béni; Encosta oriental dos Andes bolivianos; La Montaña; Guiana; Cumana; Guajira; Orinoco; Otomaco e Guamo; Napo.

É uma sinopse que merece a maior consideração.

(p. 458)

This site is part of the Etnolinguistica.Org network.
Except where otherwise noted, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.