0964

<

>



MASÔ, João Alberto
  • Os indios Cachararys. Revista da Sociedade de Geographia do Rio de Janeiro, XXII-XXIV (1909-1911), Rio de Janeiro, 1919, pp. 98-100.

Interessantes notas sôbre essa tribo lavradora do vale do Ituxi, afluente do Purus. Além de descrever o uso dum narcótico vegetal só permitido aos velhos, o autor trata de um "jogo da bola o qual se aproxima do futebol. A bola que empregam é de caucho bem imprensado, pesando seguramente uns três quilos. Os jogadores revestem o joelho e o pé correspondente com uma pele qualquer. O jogo é feito no verão, no tempo da sêca, em terreno bem nivelado e limpo, de dois hectares aproximadamente. Organiza-se a partida e imediatamente uma comissão visita as malocas amigas para fazer os convites da festa que terá lugar dai a tantas luas e, precisamente, no tempo marcado reunem-se quase todos os moradores da tribo, havendo, além do tal jogo, outras distrações muito animadas. O futebol começa no meio do maior entusiasmo, sendo observadas as regras estabelecidas. Os prêmios que se devem conferir aos vencedores ficam em exposição, que são missangas diversas, muito curiosas, da indústria indígena." (pp.98,99).

(p. 438)

This site is part of the Etnolinguistica.Org network.
Except where otherwise noted, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.