0854

<

>



LÉVI-STRAUSS, Claude
  • Guerra e comércio entre os índios da América do Sul. Revista do Arquivo Municipal LXXXVII, São Paulo 1942, pp.131-146.

Baseando-se principalmente nas observações que fêz entre os Nambikuara, o autor procura mostrar ''que os conflitos guerreiros e as trocas econômicas não constituem unicamente, na América do Sul, dois tipos de relações coexistentes, mas antes os dois aspectos opostos e indissolúveis, de um único e mesmo processo social." (p. 145). Esta generalização é absurda, ainda que seja evidente a conexão da guerra com o comércio entre certas tribos sul-americanas. Os Iekuaná descritos por Koch-Grünberg fazem extensas viagens com as suas mercadorias, sem que as trocas comerciais representem "guerras potenciais, pacificamente resolvidas". (p. 143). Por outro lado, havia inúmeras guerras entre índios da América do Sul, nas quais as razões econômicas não tinham importância alguma.

Acho que, por enquanto, os problemas ventilados no presente artigo não podem ser tratados de maneira genérica, sendo preferível estudar cada caso separadamente.

(p. 393)

This site is part of the Etnolinguistica.Org network.
Except where otherwise noted, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.