0478

<

>



FERNANDES, Florestan
  • A análise funcionalista da guerra: possibilidades de aplicação à sociedade tupinambá. Ensaio de análise crítica da contribuição etnográfica dos cronistas para o estudo sociológico da guerra entre populações aborígenes do Brasil quinhentista e seiscentista. Revista do Museu Paulista, Nova Série III, São Paulo 1949, pp.7-128, 2 tabelas e 8 pranchas fora do texto. Bibliografia.

Depois de mostrar estatisticamente, por meio de duas tabelas, a ocorrência e distribuição das informações sôbre o sistema guerreiro da sociedade tupinambá contidas nas fontes quinhentistas e seiscentistas, o autor escolhe entre êsses dados, como amostra representativa para um exame crítico, os referentes à situação do prisioneiro. Chega à conclusão de ser o conteúdo etnográfico em aprêço bastante rico e sólido para permitir o estudo dos aspectos sociológicos da guerra entre os antigos Tupi do litoral. As considerações metodológicas que envolvem e penetram o tratamento do assunto principal do presente trabalho são próprias para abrir novos horizontes.

(p. 234)

This site is part of the Etnolinguistica.Org network.
Except where otherwise noted, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.