0477

<

>



FERNANDES, Florestan 1920-
  • Tiago Marques Aipobureu: um Boróro marginal. Revista do Arquivo Municipal, CVII, São Paulo 1946, pp. 7-29, 4 figuras numa prancha fora do texto.

Depois de definir o conceito etnológico de marginalidade o autor, baseando-se em dados recolhidos e publicados por Herbert Baldus e por Antônio Colbacchini e Cesar Albisetti, estuda a crise de personalidade revelada na conduta de um Bororo. Finalizando o trabalho, declara: "Se não foi possível fazer um estudo exaustivo devido à limitação imposta pelos dados disponíveis - parece-me que quanto aos seguintes aspectos: ajustamento ao sistema sócio-cultural boróro, conflitos culturais com os brancos e com os boróro, o aparecimento de ressentimentos recíprocos e de certas formas pessoais de compensação, a ambivalência de atitudes e o desenvolvimento geral do processo de marginalidade em seu caso, com as correspondentes tentativas de ajustamento ao grupo dos brancos e dos boróro, a análise não deixou muito a desejar." (p. 27). - Podemos confirmar isso e recomendar a todos os estudiosos de Etnologia a leitura do presente artigo.

Cf. o comentârio de Juan Villaverde nos Anales del Instituto Etnico Nacional, 1, Buenos Aires 1948, pp.237-238.

(p. 233)

This site is part of the Etnolinguistica.Org network.
Except where otherwise noted, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.