0454

<

>



FALAISE, Rayliane de la
  • Caraja… Kou! Trois ans chez les indiens du Brésil. Paris 1939. iii, 365 pp. in-8.º, 32 figuras em pranchas, 2 mapas. - Versão alemã: Frau im Urwald, Rüschlikon-Zch.s.a., 260 pp.in-8.º, 1 mapa no texto, 16 pranchas fora do texto.

Regressando da minha visita aos Tapirapé, ao passar pela foz do rio homônimo, em 10 de agôsto de 1935, nêle entrou a ubá em que viajava a autora em companhia do marido. De 23 a 27 dêsse mês o casal estêve em contacto com aquela tribo, permanecendo dois dias em sua aldeia. Mais longo foi o seu convívio com os Karajá. Apesar disso, a presente narrativa de viagem, ainda que descreva bem certos aspectos do Araguaia e de seus habitantes, não merece a atenção do etnólogo. Os dados sôbre os 'Karajá não aumentam essencialmente o nosso conhecimento dêsses índios e as afirmações concernentes aos Tapirapé são, em grande parte, meras fantasias.

(p. 225)

This site is part of the Etnolinguistica.Org network.
Except where otherwise noted, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.