0320

<

>



CHURCH, G. Earl 1835-1910
  • notes on the risit of Dr. Bach to the Catuquinarú Indians of Amazonas. Geographical Journal XII, London 1898, pp. 63 e s.

Das presentes nota sôbre êsses Tupi da região situada entre os rios Embira e Embiraçu, no vale do Juruá, merece menção especial a concernente ao cambariçu, isto é, a um aparêlho singular para dar sinais acústicos. No tempo da vista de Josef Bach, os 196 membros da tribo moravam em quatro malocas situadas em linha reta, do norte ao sul, distantes cêrca de um quilômetro e meio da outra. Cada maloca comunicava-se com sua vizinha por meio dêsses aparelhos semi-enterrados, que era batido com uma baqueta sem ser ouvido um único som fora da casa em que êle se achava espessamente fechado. Não conhecemos aparelhos semelhantes de outras tribos sul-americanas. O cambariçu consiste em doze partes de material diferente.

Cf. o comentário no Globus LXXIV, Braunschweig 1898, pp. 101 e 102, com uma figura representando o corte transversal e a baqueta do cambariçu; a nota de Enrico H. Giglioli no Archivo per l'Antropologia e l'Etnologia XXVIII, n.º3, 1898; e o artigo de Caride e Vivante na Revista Geográfico Americana, XVII, n.101, Buenos Aires 1942.

(p. 171)

This site is part of the Etnolinguistica.Org network.
Except where otherwise noted, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.