0093

<

>



AURELI, Willy
  • Bandeirantes d'oeste. São Paulo s.a. (1948), 293 pp.in-8.º, 5 pranchas fora do texto.

Bombástica narrativa de viagens aos Karajá, Tapirapé e Javahé, realizadas pelo autor em 1945 e 1946, onde certas e boas observações se misturam tão inseparàvelmente a produtos de fantasia, que o livro se torna, cientìficamente, inaproveitável.

(p. 80)

This site is part of the Etnolinguistica.Org network.
Except where otherwise noted, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.