0055

<

>



ANDRADE, Alfredo Antonio de
  • Estudo das materias corantes de origem vegetal, em uso entre os indios do Brasil e das plantas de que procedem. Annaes do XX Congresso Internacional de Americanistas (Rio de Janeiro 1922), vol. I, Rio de Janeiro 1924, pp.185-201, - Apareceu também nos Archivos do Museu Nacional, XXVIII, Rio de Janeiro 1926, pp.175-199, 3 pranchas.

A leitura dessa monografia é indispensável para o estudo das matérias corantes aplicadas pelos índios a fios, palhas, penas, cerâmica e, principalmente, à própria pele. A afirmação de que o urucu serve não sòmente como ornamento, mas também "à defesa contra os mosquitos" (p. 199), não deve ser generalizada, porém, quanto às tribos do Brasil, pois, entre estas, na maioria dos casos, o mencionado corante é aplicado na pele 1.º) não de todos, mas só de determinados indivíduos, 2.º) nem sempre, mas só ocasionalmente, e 3.º) nem em todo o corpo, mas só em certas partes, restringindo-se, freqüentemente, a poucas linhas.

(p. 66)

This site is part of the Etnolinguistica.Org network.
Except where otherwise noted, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.