Bibliografia Crítica da Etnologia Brasileira

"Como se vê, comecei com a Bibliografia Crítica da Etnologia Brasileira um trabalho que nunca acaba."
(Herbert Baldus, Introdução, p. 23)


Em 1954, Herbert Baldus publicava o primeiro volume de sua monumental Bibliografia Crítica da Etnologia Brasileira, obra indispensável, como lembra Melatti (2003), "tanto para os iniciantes como para os veteranos em pesquisas com indígenas". O volume II apareceria em 1968 e o III, elaborado por Thekla Hartmann, em 1984. Em comemoração aos 60 anos de sua publicação, a Biblioteca Digital Curt Nimuendajú digitalizou o primeiro volume, disponível aqui em formato PDF. A introdução está também disponível em formato HTML.

Transcrição

O objetivo agora é transcrever todos os verbetes, com o acréscimo de links para obras disponíveis em nosso acervo. Até o momento foram transcritos:

O projeto de transcrição iniciou-se com a colaboração de Paula Grazielle Viana dos Reis e Eduardo Rivail Ribeiro. A partir de agosto de 2016, passou a ser realizado como parte do projeto de extensão "Ampliação da Biblioteca Curt Nimuendaju", sob coordenação de Aline da Cruz e com a participação de alunas de graduação da Universidade Federal de Goiás: Amanda Vallada e Keila Mariana Silva. A partir de junho de 2018, conta com a colaboração de Renato Nicolai. O projeto está aberto à colaboração voluntária de pesquisadores interessados. Quer contribuir com o projeto de transcrição? Entre em contato conosco!

flickr:31297006810

Últimos acréscimos


PINTO, Estêvão
. A Antropologia Brasileira. Recife 1952. 45 pp. in-4.o Versão portuguêsa do texto de uma conferência pronunciada em Paris sob o título "Évolution et état actuel des études anthropologiques au Brésil". Dá uma idéia do que foi feito, no passado e no presente, para conhecer os índios brasileiros. [1221] (19 Jun 2018 16:03)

* * *


PINTO, Estêvão
. A medicina dos Tupi-Guaranis. Actas Ciba, ano XI, n.3-4, Rio de Janeiro 1944, pp.41-61, 15 figuras no texto, 1 figura fora do texto. Bibliografia. Depois de tratar da procedência e das migrações das tribos tupi (pp.42-43), o autor estuda a terapêutica e os conhecimentos medicinais dêsses índios (pp.44-50), reunindo, por fim, informações acêrca do pajé tupinambá (pp.51-59). O presente trabalho constitui valioso complemento do material apresentado, em 1938, no segundo tomo da obra do mesmo autor intitulada "Os indigenas do nordeste". [1220] (19 Jun 2018 16:02)

* * *


PINTO, Estêvão
. A "santidade". Aspectos da vida social do nordeste. Revista do Brasil, Maio de 1939, ano II, n. 11. — Transcrito na Revista do Arquivo Municipal LVIII, São Paulo 1939, pp.122-124. Para provar que o fenômeno da "santidade", observado em diferentes épocas entre sertanejos fanatizados do nordeste, tem "as suas raizes no pagé", o autor reune dados da literatura quinhentista e seiscentista sôbre o médico-feiticeiro tupinambá. [1219] (19 Jun 2018 16:01)

* * *

This site is part of the Etnolinguistica.Org network.
Except where otherwise noted, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.