Antonio Pyreneus de Souza (?-1936)

Sobre o autor:

"Antonio Pyrineus de Souza, natural de Goiaz, companheiro de Rondon desde suas primeiras conquistas das terras brutas de Mato-Grosso, sertanista como ninguém, seguia para Montevideo a bordo do mesmo vapor que me conduzia.

O auxilio que me prestou esse camarada, forte e honesto, me obriga, para por minha gratidão na altura do seu devotamento, a consagrar-lhe, desde já, estas linhas do meu modesto livro de notas.

O « tenente Pyrineus » correu aquellas chapadas, aquelles serrados, aquellas grotas de Goiaz e Mato-Grosso; seu nome, é raro o sertanejo cuiabano que o não saiba. Do Paraguai ao Araguaia o « tenente Pyrineus » frúe prestigio raro. Não ha tropeiro daquellas bandas que o não conheça e o não estime e o não respeite." (Roquette-Pinto 1917:32-33)

  • Homenagem póstuma a Antonio Pyreneus de Souza. In Roquette-Pinto, E. 1935. Prefacio da 4a. edição. Rondonia, p. 9-10. 4a. edição. Brasiliana: Biblioteca Pedagógica Brasileira, vol. 39. São Paulo: Companhia Editora Nacional.

Obras disponíveis:

Links externos:

This site is part of the Etnolinguistica.Org network.
Except where otherwise noted, content on this site is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.